Secretaria de Saúde promove curso de aperfeiçoamento em Educação Popular


A Prefeitura Municipal de João Lisboa, por meio da Secretaria de Saúde do município iniciou na manhã, desta quarta-feira, (21), o curso de aperfeiçoamento em Educação Popular.

O principal objetivo desse programa é formar profissionais das equipes de Atenção Básica em Saúde, em especial, os Agentes Comunitários de Saúde e Agentes de Controle de Endemias (de vigilância em saúde, de saúde pública entre outros) e integrantes dos movimentos sociais, tendo como referencial político-pedagógico a Educação Popular em Saúde.

De acordo com a secretária de saúde, Wilka Vasconcelos o EdPop é um curso desenvolvido pela Secretaria Municipal de Saúde em parceria com a Fundação Osvaldo Cruz (Fiocruz), que visa capacitar os profissionais de saúde.

Ainda de acordo com Wilka Vasconcelos, trinta e cinco profissionais foram contemplados com o curso que terá a duração de quatro meses e com encontros presenciais e que o município como um todo está ganhando com esse processo de educação permanente em saúde.

A tendência, disse a secretária, é de que o município prolongue essa adesão para que mais profissionais possam ser contemplados e posteriormente capacitados, e que a gestão Jairo Madeira tem muito interesse em criar oportunidade de capacitar todos os colaboradores.

Nesse processo de capacitação, apenas dois municípios da regional aderiram ao programa: João Lisboa e Imperatriz.

A secretária disse ainda, que o Agente Comunitário de Saúde, o Agente de Endemias estando capacitado ele consegue desenvolver melhor uma assistência na comunidade, e que a principio dois facilitadores profissionais da área de enfermagem foram capacitados e irão repassar todas as informações aos colaboradores selecionados.  

“O município de João Lisboa está disponibilizando todo material didático e toda a estrutura necessária para que seja desenvolvido todo processo de trabalho do curso” disse Wilka acrescentando que todos os trinta e cinco profissionais serão capacitados sobre patologia e estratégias em saúde, e que o maior beneficiado nesse processo será a comunidade que contará com pessoas capacitadas para oferecer um atendimento de qualidade a todos, finalizou.

Para Cícera Cunha uma das facilitadoras ao lado de Tanandra Alves o Curso de Aperfeiçoamento em Educação Popular é de fundamental importância, que funcionará como uma agência de transformação que é a mudança de hábito, dando educação e saúde aos Agentes de Saúde e os Agentes de Vigilância em Saúde, que são os profissionais que estão em contato direto com a sociedade.

“A metodologia do curso é abranger a realidade do território em si. Cada local vai ter a mesma metodologia mais sempre coma realidade de cada local que você trabalha” destacou.

 

Últimas Notícias